quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A origem etimológica de "ânimo", "alma" e "animê"

As palavras "ânimo" (animus) e "alma" (anima) têm a mesma raiz etimológica. Então, podemos dizer que uma depende da outra para tudo. Já pensou em ânimo sem alma ? Alma sem ânimo ? Ou então, almejar sem se animar ? Complicadíssimo, não é mesmo ?
(ânimo, alma e animê numa coisa só)

A forma latina animus nos trouxe outras belas derivações como "animador", "animável", "animação". Aliás, eu disse "animação" ? É, eu disse ! Pois saibam que daí veio também a palavra japonesa anime ou animê (o japonês é um idioma muito oxítono), cujo significado é "desenho animado do Japão". Quer dizer, pelo menos para nós, esse é o significado. Já que, para os japoneses, qualquer desenho é anime, até Looney Tunes dos EUA ou o brasileiro Turma da Mônica*

*É verdade que além do Gibi já temos uma espécie de mangá, mas, em animação, só há os traços clássicos do Maurício de Souza mesmo.

Mas enfim, muito ânimo para a tua alma, caro leitor ! Principalmente se teve ânimo para me ler.